Análise dos resultados

Não precisamos de um estudo muito sofisticado para descobrir que esta agência bancária não está bem dimensionada: ao longo da simulação, o sistema ficou ocupado com 169 clientes, em média! Como a capacidade de atendimento da agência é de até 4 pessoas por vez (1 no caixa eletrônico e 3 nos caixas de atendimento presencial), havia pelo menos 165 clientes em fila.

Um olhar atento no bloco service vai descobrir que, ao final da simulação, ainda existem 363 clientes (desesperados) esperando por atendimento no caixa!

Por outro lado, os blocos queue + delay mostra que não há fila para uso do caixa eletrônico. Assim, podemos concluir que o subdimensionamento está justamente no atendimento presencial (assumindo que os parâmetros de entrada estão corretos, claro).

Isto ocorre porque o sistema modelado está instável, com taxa de atendimento nos caixas inferior à taxa de chegadas dos clientes (i.e. chegam mais clientes por minuto do que o conjunto de 3 caixas é capaz de atender). Fica como exercício (adoro esta frase) mostrar por que o sistema de filas nos caixas é instável.

Seu objetivo agora, pequeno gafanhoto, é descobrir qual o número ideal (ou, ao menos, que você considera ideal) de caixas de atendimento para o banco.

Dicas:

  • Quer incrementar seu modelo com um controles em tempo real bem legais? Veja este vídeo!

  • Que tal estudar o que ocorre em cada parte do seu modelo por logs automaticamente criados pelo AnyLogic? Você está a 5 minutos de aprender isto neste vídeo.