Timeout e preemption no bloco Queue

Dois recursos comuns nos softwares de simulação são a possibilidade de desistência do agente em fila (timeout) e a saída do agente da fila por alguma regra específica de preferência (preemption). O bloco Queue possui as duas portas de saída já prontas para o usuário identificar qual cliente saiu por qual motivo:

A primeira porta, que equivale à saída por preemption, significa que o agente encontrou a fila cheia e, pela regra de preferência, foi extirpado da fila. Note que, para esta opção funcionar, além da opção Enable preemption estar ligada, a capacidade da fila deve ser finita.

Por exemplo, considere o caixa eletrônico da agência bancária com capacidade de fila de 5 agentes. Se um sexto cliente chegar com interesse em utilizar o caixa eletrônico, ele deveria desistir e ir embora do sistema. O fluxo de processos é relativamente simples neste caso:

Atenção às propriedades do bloco queue:

A segunda porta do bloco Queue serve para saída dos agentes que ultrapassaram o tempo máximo de espera especificado. Considere, por exemplo, que na agência bancária, se o cliente aguardar mais do que 15 minutos ele desiste e vai embora. Novamente, o fluxo de processos é bem simples:

E os parâmetros do bloco queue são intuitivos, também: